Perguntas | José Cordeiro

Deixem aqui as suas perguntas para o atleta José Cordeiro, as dez perguntas escolhidas serão respondidas por ele em uma pequena entrevista na segunda quinzena de Fevereiro.

Serão escolhidas as melhores perguntas enviadas até o dia 15/02/2019.
(Os comentários desta postagem serão vetados após a data citada acima).

Iranildo Anastácio

1 – Iranildo, o que lhe motivou a iniciar nas corridas de rua e o que te inspira a praticar a modalidade?

Um amigo me convidou e eu achei desafiante correr de muletas, minha inspiração é conseguir mostrar pras pessoas que somos capazes com ou sem deficiência.

2 – Qual a sua rotina de treinos, treina em alguma assessoria, e como faz para conciliar com sua rotina pessoal e de trabalho?

Treino de 2 a 3 vezes por semana, não participo de assessoria, e esse treinamento é após o trabalho.

3 – Iranildo, qual foi a sua maior dificuldade no seu inicio nas corridas de rua?

A maior dificuldade foi a parte financeira por que a maioria das corridas são pagas.

4 – Você é um atleta dentre poucos que possuem algum tipo de patrocínio/apoio, como você enxerga esta questão de patrocinadores e/ou apoiadores de um modo geral para os nossos atletas, pois poucos possuem ajuda ou apoio?

É complicado, devíamos ter mais apoio só assim poderemos ter um melhor desempenho nas corridas.

5 – Você acha que existe preconceito em relações as competições com paratleta? Em uma palavra, como você consegue vencer esse obstáculo todos os dias?

Sim, algumas pessoas acham que não somos capazes de correr ou praticar outras modalidades por conta da deficiência. Em uma palavra Superação.

Iranildo Anastácio na III Corrida & Caminhada Super Vilton – Foto Luiz Edivam Jr.

6 – Você considera que os percursos das provas atualmente conseguem ter a condição mínima para os paratletas e cadeirantes?

Infelizmente não, falta um planejamento em algumas corridas em relação ao solo porque são com calçamentos, areia etc.

7 – Mediante a sua limitação, o que você considera que poderia ser feito para melhorar seu desempenho nas corridas?

Frequentar academia para o fortalecimento, acompanhamento multidisciplinar e uma perna (prótese) apropriada para corrida.

8 – Qual prova que você ainda não participou ainda e que gostaria de participar (prova regional ou nacional)?

Sim, gostaria de participar de uma prova nacional (São Silvestre).

9 – Sempre vemos a sua família junto com você nas provas, eles sempre lhe acompanharam e lhe apoiaram no esporte? E qual a importância deles hoje para você ser o atleta que é?

Sim, minha família é a base principal de apoio, são importantes por mim por incentivar na prática dessas corridas e acima de tudo dizem que sou capaz de fazer o que eu quiser em relação ao esporte.

Iranildo Anastácio e sua Família

10 – Qual é seu conselho para as pessoas com algum tipo de deficiência que queiram iniciar suas carreiras no esporte?

Que não desistam, sejam corajosos, por que a deficiência seja ela qual for sempre tem algo que possamos fazer para melhorar nossa condição e nos sentirmos capazes!

Circuito das Estações – Outono | Inscrições em Grupo

O Corre Ceará pensando na comodidade de seus amigos e atletas agora estará fazendo inscrições em grupo para o Circuito das Estações 2019.

As inscrições para a 1ª Etapa do Circuito das Estações que é a Outono com percursos de 3k, 5k e 10k (será realizada dia 07/04), já estão abertas, são 3 os tipos de kits disponíveis.

Kit Vip – R$185,00 | Kit Plus – R$125,00 | Kit Básico – R$85,00
(Pagamento até o dia 25/03)

Entre em contato com a responsável pelas inscrições via Whatsapp para maiores informações:

Nayane: (85) 9 8531-1246

Parceria firmada | Corre Ceará e CIAA

Em busca de melhor atender seus amigos e atletas, o Corre Ceará, juntamente com o CIAA, traz um benefício exclusivo para os participantes de seus grupos de Whatsapp.

Agora você que está nos nossos grupos de Whatasapp tem o desconto de 25% na Crioterapia e/ou na Massoterapia no CIAA. Para ter direito ao benefício, basta ir no CIAA e mostrar que você já curte a página do Instagram do CIAA e também faz parte de algum grupo do Corre Ceará no Whatsapp.

CIAA – Centro Integrado de Apoio ao Atleta
End: Rua Deputado Moreira da Rocha, 925 – Meireles
Telefone: (85) 2181-0840

Preços com o desconto:
Massoterapia: de R$80 por R$60
Crioterapia: de R$35 por R$26,25

Aproveitem o ótimo desconto, validade até o dia 31/01

Parceria | Corre Ceará e CIAA
Promoção exclusiva para os participantes do grupo de Whatsapp do Corre Ceará

Aline Prupru

Segue abaixo as 10 melhores perguntas realizadas pelos nossos amigos e atletas, o Corre Ceará agradece imensamente a atleta Aline Prupru pela disponibilidade em responder as perguntas.

1 – Aline Prupru, qual seu maior incentivo pra correr?

Meus Pais, eles desde o começo de tudo me incentivaram a ser uma pessoa e uma ATLETA disciplinada e me ensinaram a buscar meus sonhos.

Aline Prupru e seus pais
Aline Prupru e seus pais, seus maiores incentivadores.

2 – Aline Prupru, como foi o seu início no atletismo, em qual momento você se profissionalizou no esporte e quais são as próximas metas/objetivos?

Meu início no atletismo foi aos 15 anos e como todo começo foi muito difícil em todos os aspectos. Há quatro anos venho me destacando e estou muito feliz com os resultados. Esse ano tenho várias metas, uma delas e a Meia Maratona Star Wars em ORLANDO.

3 – Gostaríamos de saber o que lhe motiva a ser melhor em cada corrida? Você escolheu o atletismo ou ele que te escolheu?

O que me motiva são meus pais e meu técnico (que é como um pai) que estão sempre comigo e acreditam em mim desde o começo. O bom de tudo é ter eles perto de mim a cada treino, a cada superação na nossa vida além das corridas! O atletismo me escolheu e me acolheu como nenhum outro esporte.

4 – Qual a importância do Sr. Falcão na sua vida profissional e pessoal?

O Sr. Falcão é um grande técnico. Ele não só se preocupa com o treinamento físico, mas também com a preparação psicológica de todos que chegam a ele. Eu, Aline Prupru, sou essa atleta porque ele nunca me deixou desistir! Meu segundo pai, hoje temos uma laço de confiança, respeito e muito amor.

5 – Tendo você já disputado provas em outros estados, gostaríamos de saber como você avalia o nível dos atletas do Ceará em relação aos atletas de outros estados?

O estado do Ceará tem muitos atletas de alto nível o que falta para a grande maioria é um pouco de incentivo do estado para o rendimento desses atletas ser melhor.

6 – Para nós, que acompanhamos sua jornada de atleta, percebemos uma mudança significativa de resultados. Como você definiria este processo de transição do amadorismo para “atleta de elite” no estado?

Muita persistência e fé que tudo vai dar certo! Como falei são 12 anos de estrada então não é fácil chegar e se manter onde estou e aonde quero chegar. Hoje tenho um patrocínio da Galpão da Felicidade que veio pra somar em todos os km na minha vida.

7 – Qual sua maior dificuldade na vida de corredora: condicionamento físico, equilíbrio psicológico ou auxílio financeiro?

Equilíbrio psicológico. Esse sem dúvida é minha maior dificuldade hoje em dia na minha vida profissional.

8 – Aline Prupru, diante de todas as dificuldades que os atletas de elite têm, como falta de apoio, desvalorização por parte das empresas de esporte, etc. O que te motiva para continuar treinando, mesmo que, na maioria das vezes, pagando tudo do próprio bolso?

PRIMEIRAMENTE, meus pais, em segundo o meu técnico e ainda o amor à minha profissão. Meus pais sempre foram à base de tudo e sempre me incentivam ao esporte. Meu técnico porque ele acreditou e confiou em mim auxiliando nos treinos e na minha vida pessoal. E o mais importante é o amor, porque se não amasse correr não fluía do jeito que está.

9 – Um objetivo no atletismo que ainda não conseguiu alcançar, mas que já esta em seus planos para um futuro próximo?

Um pódio na Meia Maratona do Rio. E esse ano com fé em Deus quero estrear essa meia com pé direito.

10 – Qual seria o recado que você pode dar para as atletas que veem em você uma inspiração na corrida de rua e que estão no inicio de suas carreiras?

Fico muito feliz e grata por inspirar muitas pessoas. Não desista de você mesmo, porque até uma topada leva você pra frente.

Perguntas | Iranildo Anastácio

Deixem aqui as suas perguntas para o paratleta Iranildo Anastácio, as dez perguntas escolhidas serão respondidas por ele em uma pequena entrevista na primeira quinzena de Fevereiro.

Serão escolhidas as melhores perguntas enviadas até o dia 30/01/2019.
(Os comentários desta postagem serão vetados após a data citada acima).

Lista Oficial de Inscritos | 2º Treino do Circuito de Treinos Corre Ceará

Todos os atletas devidamente inscritos na 2ª etapa do Circuito de Treinos Corre Ceará terão direito ao excelente preço na Crioterapia com liberação muscular oferecido pelo CIAA, desconto esse oferecido no dia do treino.

 

Segue abaixo a relação dos atletas que tiveram suas inscrições confirmadas para o 2º Treino (Etapa Supremo Açaí) do Circuito de Treinos Corre Ceará que acontecerá dia 18 de maio com largada e chegada no CIAA, localizado na Rua Deputado Moreira da Rocha, 925 no Meireles

Caso você tenha feito o pagamento e seu nome não constar na lista, ou seu nome estiver incorreto, favor entrar em contato via WhatsApp Oficial do Corre Ceará (85) 9.9955-6864, falar com João Costa.

Atenção a algumas observações:
– Não esquecer de levar 1kg de alimento (conforme regulamento) para trocar pelo número de peito (identificação dos atletas inscritos e número para sorteio);
– Atletas que irão correr 15km irão largar às 5h45, então pedimos para que cheguem a partir das 5h20 para fazerem a troca;
– Atletas que irão correr 5km e 10km irão largar às 6h00, então pedimos para que cheguem a partir das 5h30 para fazerem a troca (sugestão, mas caso cheguem antes, a troca será realizada da mesma forma;

– Quanto mais cedo o atleta que for de carro chegar, melhor a opção de estacionamento para ele.

LISTA DOS ATLETAS DE 5KM (Por ordem alfabética)

  1. Adriane Rodrigues Ribeiro
  2. Adriano Leitão Borges da Silva
  3. Aldaires Felix Aquino
  4. Alexandre Casimiro de Mâcedo
  5. Aline Araújo da Costa
  6. Aline de Lima Pereira
  7. Aline Jorgiana Barros de Brito
  8. Altina Magda Sucupira Macedo Silva
  9. Ana Camila de Lima Pereira
  10. Ana Cristina Diogo Coutinho de Sousa
  11. Annette Ales de Paiva
  12. Armênia Damasceno Pinheiro
  13. Bruno Elison Ximenes de Menezes
  14. Carlos Eugênio Rios Fernandes
  15. Célia Lacerda
  16. Daiane Lima
  17. Daniele Tanara Borges de Queiroz
  18. Deisiane Santos Freitas
  19. Diogo Aguiar Lima
  20. Edvar Rodrigues da Penha
  21. Elizabethe Pereira dos Santos
  22. Erivan Carlos de Oliveira
  23. Eugênia Paulino Ramos
  24. Fábio Ruan Louzeiro Lima
  25. Fernando César Pereira da Rocha
  26. Flávia Chagas Vitorano
  27. Flávia Ribeiro Menezes Bandeira
  28. Francisca Alany Furtado Chagas
  29. Francisco Ivanildo Honorato dos Santos
  30. Francisco Rafael Pereira de Oliveira
  31. Gilmara Freitas Raiol de Sousa
  32. Iara da Silva Rodrigues Constâncio
  33. Igor de Souza Rodrigues
  34. Isabel Cristina Moreira Rocha
  35. Israel Pereira de Freitas
  36. Janaína Mônica Bezerra da Silva Araújo
  37. João Paulo Gomes Coelho
  38. José Ednésio da Cruz Freire
  39. Leandro de Mendonça Soares
  40. Leyla Maria Frota de Brito
  41. Lina Mara Alves Pinho
  42. Lucas Costa Gomes Ferraz
  43. Lúcia Maria Vieira de Sales
  44. Manuel Afonso Ferreira Júnior
  45. Marcelli Menegarde
  46. Márcia Matricardi Oliani
  47. Marcos de Souza Vinhas
  48. Marcos Fernando Justino
  49. Maria Aparecida de Freitas Souza
  50. Maria Fabiana dos Santos
  51. Maria José Silva Sousa
  52. Maria Liandra Santana Rodrigues
  53. Maria Michelle Feijó Silveira
  54. Maria Sibéria Lima de Sousa
  55. Mariana Adegas
  56. Mariana Barros Rodrigues
  57. Marilene Sousa Xavier
  58. Mário Gonçalves Pessoa
  59. Mateus Barros Telles do Carno
  60. Natalhy Rodrigues Melo
  61. Níbia Palma de Lima
  62. Nice Machado Abreu
  63. Pedro Caram Santos Oliveira
  64. Rafaela Pessoa de Amorim Simão
  65. Raimunda Risonete Soares
  66. Rinaldo Lima
  67. Robênia da Costa Salomão
  68. Roberta da Costa Salomão Araújo
  69. Samuel Ferreira Uchôa
  70. Sintia Dângela Santiago
  71. Tássio Santos de Oliveira
  72. Tatiana de Sousa Canuto
  73. Tatiana Tostes Vieira da Costa
  74. Tricia Gondin de Lima Alencar
  75. Vanessa da Silva Lucas
  76. Vânia Gabryella Gonçalves Ruiz
  77. Zildene Alves de Oliveira

 

LISTA DOS ATLETAS DE 10KM (Por ordem alfabética)

  1. Adolpho Cezar Moreira Sales
  2. Ana Selma do Carmo da Silva
  3. Cláudia Maria Costa de Lima Gironda
  4. Danilson Barbosa da Silva
  5. Débora Macário
  6. Eveline Lemos Borges
  7. Francisca Erica Barros Oliveira
  8. Gilmar Avelino
  9. Jeovah Siqueira
  10. Jessica Ramos Sabóia
  11. Joni Campos Damasceno
  12. Jozivan Oliveira Leal
  13. Lennon da Silva Lima
  14. Luís Paulo Mota Mendes
  15. Luiz Augusto Lopes Serrano
  16. Maria Danielle B. de Araújo
  17. Maria de Fátima Antero Sousa Machado
  18. Maria Goreth da Silva
  19. Natália Maria dos Santos Lima
  20. Nayane da Silva Santos
  21. Orlando Faber Filho
  22. Orley Rodrigues Gomes
  23. Paulo Ney Rocha Mello
  24. Paulo R. F. Ferreira
  25. Rafaela Gomes de Sousa Peixoto
  26. Rocicléa da Costa Salomão
  27. Rosilede Paula Silva
  28. Tarcilla Goes
  29. Tércio Romiro Furtado Bandeira
  30. Wesley Nunes da Silva

 

LISTA DOS ATLETAS DE 15KM (Por ordem alfabética)

  1. Ana Cláudia de Souza da Silva
  2. Ana Cláudia Reis
  3. Ângela Maria Rodrigues Gomes
  4. Carlos Andros Silva de Freitas
  5. Darlyson de Lima Benicio
  6. Elizabeth Mesquita Melo
  7. Francisco Neuton Gonçalves
  8. Flávio Rodrigues de Souza
  9. Francisco Ednardo Pereira dos Santos
  10. Gilberto Santos do Carmo
  11. Gilson de Oliveira Vinhas Jr
  12. Ivan Edson do Carmo Ferreira
  13. João Alberto da Costa Jr
  14. José Ivan Ribeiro Matos
  15. Joserley Paulo Teófilo da Costa
  16. Levi Teodosio de Santana
  17. Luís Alberto Almeida Raulino
  18. Mara Michelle Cyrino
  19. Paulo César Magalhães Mendes
  20. Rafael Cruz Oriá
  21. Raimundo Diego Lima Lourenço
  22. Raimundo Paguino Bezerra Gomes
  23. Vicente Jairo Pio Rodrigues
  24. Walber Machado da Silva

Lista de Inscritos | 1º Treino do Circuito de Treinos Corre Ceará

Todos os atletas devidamente inscritos na 1ª etapa do Circuito de Treinos Corre Ceará terão direito ao excelente preço na Crioteapia com liberação muscular oferecido pelo CIAA, desconto esse oferecido no dia do treino.

Segue abaixo a relação dos atletas que tiveram suas inscrições confirmadas para o 1º Treino (Etapa Nutrizione) do Circuito de Treinos Corre Ceará que acontecerá dia 23 de março com largada e chegada no CIAA, localizado na Rua Deputado Moreira da Rocha, 925 no Meireles

Caso você tenha feito o pagamento e seu nome não constar na lista, ou seu nome estiver incorreto, favor entrar em contato via Whatsapp Oficial do Corre Ceará (85) 9.9955-6864, falar com João Costa.

Atenção a algumas observações:
– Não esquecer de levar 1kg de alimento (conforme regulamento) para trocar pelo número de peito (identificação dos atletas inscritos e número para sorteio);
– Atletas que irão correr 15km irão largar às 5h45, então pedimos para que cheguem a partir das 5h20 para fazerem a troca;
– Atletas que irão correr 5km e 10km irão largar às 6h00, então pedimos para que cheguem a partir das 5h30 para fazerem a troca (sugestão, mas caso cheguem antes, a troca será realizada da mesma forma;

– Quanto mais cedo o atleta que for de carro chegar, melhor a opção de estacionamento para ele.

LISTA DOS ATLETAS DE 5KM (Por ordem alfabética)
– Adriano Leitão Borges da Silva
– Afrânio Leitão Borges da Silva
– Aldaires Felix Aquino
– Aleksandra Maria Viline
– Aline Jorgiana Barros de Brito
– Altina Magda Sucupira de Macêdo Silva
– Ana Cristina Diogo
– Ana Paula de Sousa
– Antônio José da Silva
– Armênia Damasceno Pinheiro
– Bruno Elison Ximenex de Meneses
– Caio de Souza Vinhas
– Carlos Eugênio Rios Fernandes
– Cristiana Oliveira Souza
– Daniele Vasconcelos Martins
– Diogo Aguiar Lima
– Eliane Ferreira Viana Sampaio
– Elizabethe Pereira dos Santos
– Erbens de Sousa Evangelista
– Erivan Carlos de Oliveira
– Eugênia Paulino Ramos
– Francisca Alany Furtado Chagas
– Francisco Ivanildo Honorato dos Santos
– Francisco Neuton Gonçalves
– Gilberto Amazonas Cavalcante
– Gilmara Freitas Raiol de Sousa
– Iara da Silva Rodrigues Constâncio
– Janaina Mônica Bezerra da Silva Araújo
– Joana Lúcia Silva Feitosa
– José Ednésio da Cruz Freire
– Leyla Maria Frota de Brito
– Liana Maria Viana de Paula Cabral
– Lucas Costa Gomes Ferraz Novaes
– Lúcia Maria Vieira de Sales
– Lucivanda Vital da Silva Lobo
– Manuel Afonso Ferreira Júnior
– Márcia de Lima
– Márcia Matricardi Oliani
– Marcos de Souza Vinhas
– Maria Aparecida de Freitas Souza
– Maria Fabiana dos Santos
– Maria José Silva Sousa
– Maria Sibéria Lima de Sousa
– Mariana Adegas
– Mário Gonçalves Pessoa
– Mário José Machado de Almeida
– Níbia Palma de Lima
– Nice Machado Abreu da Silva
– Raimunda Risonete Soares Mariano
– Rose Campos
– Samuel Ferreira Uchôa
– Sintia Dangela Santiago
– Tassio Santos de Oliveira
– Thiago Batista Montenegro Medeiros
– Thiara Gomes Lemos
– Vânia Gabryella Gonçalves Ruiz
– Verônica Maria Melo Vieira
– Vicente Jairo Pio Rodrigues
– Zildene Alves de Oliveira

LISTA DOS ATLETAS DE 10KM (Por ordem alfabética)
– Adriane Ribeiro
– Ana Selma do Carmo da Silva
– Carlos André Mota de Paula
– Célia Lacerda
– Débora Macário
– Jéssica Ramos Sabóia
– João Alberto da Costa Jr
– Joni Campos Damasceno
– Jozivan Oliveira Leal
– Luciana Maria Torres Correia Oliveira
– Luís Paulo Mota Mendes
– Luiz Cassimiro da Silva
– Mara Michelle Cyrino Matthws
– Marcelli Menegarde
– Maria Danielle B. de Araújo
– Mariana Nobre
– Nayane da Silva Santos
– Orlando Faber Filho
– Patrícia Chaves Sério Dias
– Paulo R.F. Ferreira
– Rafaela Gomes de Sousa Peixoto
– Tarcilla Goes
– Walber Frota
– Wandell Renha do Nascimento

LISTA DOS ATLETAS DE 15KM (Por ordem alfabética)
– Adolpho Cezar Moreira Soares
– Arnaldo Henrique Alves Abreu
– Arnaldo Oliveira da Silva
– Bruno Henrique Alves Abreu
– Charlliane Vieira de Oliveira
– Darlyson de Lima Benicio
– Elizabeth Mesquita Melo
– Flávio Rodrigues de Souza
– Francisco Ednardo Pereira dos Santos
– Gilson de Oliveira Vinhas Jr
– Ivan Edson do Carmo Ferreira
– Lana Paula Correia Melo
– Levi Teodosio de Santana
– Luciana Silva Nogueira
– Luis Alberto Almeida Raulino
– Luis de Sousa Lima Filho
– Luiz Augusto Lopes Serrano
– Luiz Regis Bonfim
– Paulo Ney de Rocha Melo
– Rafael Cruz Oria
– Rita Carvalho
– Walber Machado


– Luiz Augusto Lopes Serrano
– Luiz Regis Bonfim
– Paulo Ney de Rocha Melo
– Rafael Cruz Oria
– Rita Carvalho
– Walber Machado

Vocês conhecem a Beta-alanina? Para que serve?

A Beta-alanina é um aminoácido não essencial, com inúmeras funções biológicas, dentre elas está à redução da percepção da fadiga muscular, pois ela diminuiu a “acidez muscular” uma das responsáveis pela sensação de fadiga, e isso gera uma melhora no desempenho esportivo.

A ingestão de Beta-alanina aumenta as concentrações intramusculares de carnosina, aminoácido responsável pelo tamponamento muscular (redução da acidez), o que leva o atleta a uma maior resistência a fadiga muscular e aumento da força. Outra função da carnosina é a diminuição da formação dos radicais livres, responsáveis pelo estresse oxidativo das células.

A carnosina é encontrada nas fibras musculares de contração lenta e rápidas, mas ela se encontra em maior concentração nas fibras de contração rápida, portanto sendo mais importante em atividades de alta intensidade e curta duração.

A ação da Beta-alanina se dá por saturação, geralmente, inicia-se a suplementação 10-16 semanas antes da prova alvo. Doses que podem variar de 4-7g/dia, esse valor total pode ser dividido em 3-4 doses ao dia, para evitar o efeito colateral da parestesia “formigamento”, que pode ser sentido 10-20 minutos após a ingestão. Esse efeito é transitório, e geralmente, sem riscos à saúde.

A suplementação da Beta-alanina pode ser feita em conjunto com a creatina para aumento da força, maior resistência à fadiga e hipertrofia. Mas, antes de tomar qualquer suplemento, procure um Nutricionista, pois é ele que vai saber em que momento e a dosagem necessária para que você atinja o seu objetivo.

Nutricionista responsável pela Nutrizione


Álvaro Timbó

Caro Álvaro Timbó, antes de tudo você pode nos falar os detalhes de como será o Desafio 100K Canindé, sobre apoio e segurança. (Muitos interessados em fazer este desafio em 2019).

O Desafio 100K de Canindé caminha para sua 3ª edição. Tenho esse desafio como a porta de entrada para a ultramaratona, pois temos uma distância clássica, staff individual obrigatório e, pontos de check-in de 15 em 15km que facilitam a vida dos atletas e staffs. A segurança fica por conta de dois Moto-resgate que ficam rondando dos primeiros aos últimos colocados. A edição de 2019 vem com algumas novidades, basta acessar nosso site na parte “inscrição” e acompanhar tudo!

Álvaro Timbó e amigos no Desafio 100K Canindé 2018
Atletas que encararam o Desafio 100K Canindé2018 – Foto Dudu Ruiz

https://desafio100kmcanind.wixsite.com/100kmcaninde/inscricoes

1 – Qual momento da sua vida atlética foi fundamental para você perceber que você saiu do amadorismo e passou a tratar de forma mais profissional as atividades de corrida? O que esse novo estilo de vida significa para você hoje?

Comecei a correr em 2013 pra perder peso, estava com 105kg na época e, acho que nunca saí do amadorismo, rsrsrs. O esporte pra mim é, e sempre será diversão, mas, em 2015, passei a correr mais regrado, sempre 2x na semana e 1 dia do final de semana (sábado ou domingo), dependendo das obrigações e programas com minha família. Acho que essa época, foi quando decidi que a corrida de rua seria meu esporte pra vida toda!

2 – Existe uma preparação especial para se tornar um ultramaratonista? Se sim, pode falar um pouco da sua planilha de treinos e volume.

Acho que a base é a parte fundamental na corrida. Existem varias etapas, etapas essas que todos passamos, o primeiro km correndo, os primeiros 2km e 3km e assim vai, até você estar apto a correr sua primeira corrida, os primeiros 5km.

Quando conclui seus primeiros 5km, você já logo se inscreve nos 10km? Não, você treina algumas vezes 5km, depois de ter segurança pra tentar 10km, você vai pra cima…Na ultramaratona também é assim, depois de chegar à última distância oficia (42.195m)e, permanecer nela por algumas vezes, caso goste da sensação, você busca algo maior que, geralmente são as provas de 50km. Comigo não foi diferente, em 2015, com uma planilha que baixei da internet (não recomendo isso, o correto é buscar um profissional da área),fiz minha primeira maratona, 3h59’ em Recife, a sensação foi tão boa que, de cara, já vi que correr longas distâncias era o que eu iria fazer.

Falando de planilha, hoje (últimos 2 meses) treino na MM team, “quer dizer que você passou todo esse tempo treinando sozinho?”, sim. Sempre treinei sozinho mas, estou gostando muito de treinar numa assessoria, sai de um volume de 130/140km, para 200/210km mês. Acho que, 2019 será um ano de evolução!

3 – Álvaro Timbó, como você consegue conciliar a vida de empresário e corredor, sem atrapalhar a sua vida particular?

Não sou “bitolado”, caso tenha treino terça a noite e, por algum motivo pessoal ou profissional, não consiga fazer… Simples, faço terça pela manhã ou, quarta pela manhã. Diferente do que vejo por aí, aqui não deixo a corrida dominar minha vida e, jamais deixarei de sair com minha esposa para treinar. Tento treinar entre 5 e 7h e, à noite, de 18h às 20h, assim não atrapalha em nada.

4 – Como você trabalha seu corpo para não sofrer uma hiponatremia? E o trabalho psicológico ajuda nessas provas longas?

Para a falta de sódio(hiponatremia), costumo usar as famosas “cápsulas de sal”, são praticas de carregar e atendem minhas necessidades. Só pra exemplificar a questão, em minha primeira maratona eu senti hiponatremia. Ao chegar à casa de meu amigo que eu estava hospedado, começaram os calafrios, foi fácil de resolver porque eu já sabia o que estava acontecendo, corri na cozinha e coloquei um pouco de sal na boca, em poucos minutos tudo voltou ao normal e, desde então as cápsulas de sal são minhas companheiras para provas e treinos acima de 21km.

Falando no psicológico, pra mim, ele é 40% nas provas de endurance e ultramaratonas. Eu talvez treine muito menos do que a maioria de seus amigos, mas, mesmo com um volume menor, consigo fazer provas de 12h e 100km tranquilamente. Resumindo: O psicológico ajuda muito.

5 – Álvaro Timbó, quais dicas você passa para quem já corre e pensa em correr longas distâncias e torna-se um ultramaratonista?

O que sempre falo é que todos conseguem, desde que condicione seu corpo e mente para aquilo. Eu era um gordinho de 105kg que sonhava em correr até o final da beira-mar(3km), hoje sou um ultramaratonista. Se eu consegui, você também consegue!

6 – Quais os objetivos para 2019? Se já tem, se não, qual a prova que você sonha em fazer?

A prova dos meus sonhos é a Comrades, a rainha das ultramaratonas. Não pela distância, pois só são 89km, mas pelo respeito e carinho que eles dão aos atletas.

Meu objetivo pra 2019 são 100 milhas. Como não tem nenhuma prova dessa distância no Ceará, eu e 2 ou 3 amigos faremos em forma de desafio. Largada no Aterro e chegada em Canoa Quebrada.

7 – Álvaro Timbó o que te levou a ser Ultramaratonista? Numa prova de 100 km, em média, a partir de qual km fica confortável? E em qual km o negocio começa a “pegar”?

O que me levou a entrar no endurance foi ter concluído com tranquilidade minha primeira maratona. Tanto que depois dela, minha primeira prova foram os 50k do Aquiraz. Uma prova duríssima com quase 70% de praia em sua primeira edição. E falando dos 100km, pra mim, começa a pegar depois dos 60k, até lá é tranquilidade.

8 – Existe um limite, desafio, distância no qual não faria, por quê?

Acho que não existe limites, vou continuar treinando para me desafiar, mais e mais. A ultramaratona é um caminho sem volta… Quando você menos espera, está achando o máximo a Barkley Marathon, rsrsrsrs.

9 – Quais dicas você pode nos dar para quem já corre meia maratona, mas almeja ser ultramaratonista (equipamentos e/ou treinamentos).

Acho a meia maratona uma distância muito interessante, fiz apenas 3x (oficialmente) antes de minha primeira maratona. Mas, só parti para a maratona quando comecei a fazer 21km tranquilo em treinos. A dica é, parta para a próxima distância, seja ela qual for, depois que estiver confortável correr a distância que corre. Isso também serve para um ultra, se já corre bem 50km, tente 70, 80km, e por aí vai.

10 – Quais as consequências psicológicas após uma ultra? É verdade que dá uma espécie de “depressão”?

Muito pelo contrário, um atleta de endurance, após uma prova muito longa, fica com a autoestima extremamente elevada. Você cria internamente um ar de vencedor, não pelo ego, mas pela motivação que sentimos ao cruzar a linha de chegada, mesmo em último colocado.

Ao contrário do que pensa, existem estudos sobre atletas com início de depressão que usaram a corrida como parte do tratamento. Já a corrida em si, longa ou curta, ter causado a depressão, desconheço.